• Eduarda Dutra de Souza, Msc

Drones: brinquedo ou aliado da Logística?

Análise das vantagens e desvantagens do uso de drones na logística empresarial

A incorporação de novas tecnologias tem sito uma mola propulsora da Logística desde os seus primórdios e tem permitido lidar com operações mais complexas, geograficamente mais dispersas e com requisitos de serviço mais elevados. Neste artigo vamos abordar sobre a aplicabilidade do uso de drones na logística de transportes e para alguns usos na armazenagem, bem como as barreiras atuais a serem vencidas para que esta tecnologia seja uma realidade para muitas empresas.

Drones para uso empresarial

Sabe-se que a tecnologia veio para ficar e mudar a forma que se realiza as atividades empresarias. Uma das grandes conexões tecnologias e empresas refere-se o uso dos drones dentro dos processos logísticos. Esse veículo aéreo, Veículo Autônomo Não Tripulado (VANT) ou drone, é um equipamento tecnológico inicialmente utilizado pelos militares e, atualmente, uma das grandes revoluções dentro do processo de última milha.

Na agroindústria também encontra-se bem disseminado o uso de drones para mapeamento das propriedades, acompanhamento do desenvolvimento das culturas e até mesmo o apoio na aplicação de defensivos agrícolas (GOMES, 2018). Devido a relevância desta atividade para sua economia, o Brasil é 10º país com maior uso de drones no agronegócio podendo nos próximos anos ser 3 maior mercado mundial.

A aplicação dos drones na logística estão a todo vapor e é o novo queridinho das grandes empresas. Sabe-se que este aparelho consegue voar por até 90 minutos e transportar em média pacotes de até 3kg. Esses veículos estão sendo usados principalmente na entrega de pequenas mercadorias e nos serviços de monitoramento, segurança e produção de imagens. . Segundo o Relatório do Estudo sobre Indústria Brasileira e Europeia de Veículos Aéreos Não Tripulados os drones estão cada vez mais capazes de transportar cargas úteis, carregando mercadorias cada vez mais pesadas e com maiores distâncias. Assim: “os drones certamente se tornarão parte integrante da indústria do transporte, oferecendo um método de entrega e serviços que acompanham o transporte. A indústria recorrerá aos drones devido à sua velocidade, acessibilidade e baixos custos operacionais, em comparação com outras formas de transporte que exigem o trabalho humano”.



Assim, os drones estão ganhando espaço nas atividades de entrega levando o produto da empresa para o consumidor. Assim, este texto busca desmitificar o uso e o benefícios.

Benefícios do uso de drones na logística

Há diversos benefícios do uso de drones para os processos logísticos empresariais. Os mais citados são as perspectivas de utilização para entrega de encomenda rápidas e baratas em áreas difícil acesso, entrega de peças de reposição; na área médica para o transporte de medicamentos e o uso de drones transportando desfibriladores e para a entrega de alimentos (KLIDZIO et al, 2019). Assim, a matriz de transporte cada vez usará menos veículos que são considerados caros como entrega por helicópteros e substituírão por drones.

Porém há diversas outras vantagens de aplicação deste novo meio de transporte. Sendo eles:

  • Redução de custos - a utilização dos drones diminuiu distâncias e aproximou o armazém e o cliente. Assim, as entregas de produtos podem ser mais ágeis e entregas porta a porta sem necessidade de intermediários no processo de distribuição. Desta forma, a utilização de drones encurtaria os canais de distribuições e por consequência reduziria os gastos de manutenção dos mesmos, diminuição de despesas como alocação de mão de obra e combustíveis.

  • Agilidade no processo de devoluções - os drones reduzem o tempo em que produto retorna para o centro de distribuição. Contribuindo assim para uma melhor experiência do cliente.

  • Melhoria no serviço de última milha - a última milha refere-se a saída da mercadoria da empresa em destino ao consumidor final. O drone tem como objetivo alvo o seu uso nesta etapa. Isso porque contribui para uma entrega rápida, dentro do prazo e com segurança. A eficiência é uma vantagem competitiva do uso do drone, com entregas ágeis impacta diretamente na fidelização dos clientes.

  • Sensação de novidade - muito se fala da utilização de drones e está gerando uma perspectiva de novidade nos clientes. Para muitos clientes adeptos da tecnologia e de inovações, o uso de drones nas entregas traz uma associação positiva à imagem da marca..

  • Controle de estoque - o drone pode ser utilizado para auxiliar nos processos de inventário com um processo de contagem rápido, simples e eficiente. Neste ponto, há combinação de drones com outros tipos de tecnologias, como RFID, que agiliza a coleta de dados. Essa aplicação conjunta elimina desperdícios, diminui os custos empresariais e traz uma confiabilidade alta ao processo.

  • Aumento na área de distribuição - hoje já dificuldades de ultrapassar barreiras geográficas, entretanto o drone possibilita facilidade de acesso a todos os tipos de regiões. Facilitando acesso a ambientes hostis, marginalizados ou com muito trânsito.

  • Transporte mais verde - os drones não utilizam combustíveis fosseis o que reduz a emissão de gases poluentes na atmosfera.

  • Desenvolvimento de mercados secundários: com a utilização do drone, será criado mercados secundários de comercialização de novos equipamentos. Isso levará em um desenvolvimento de oportunidades tecnológicos e de fontes de energias.

Melhores seu planejamento e gestão de transportes. Consulte nossos serviços em:

https://www.excentconsultoria.com.br/servicos

Existem desvantagens no uso de drone?

Infelizmente sim. Os drones apesar de ser uma tecnologia da vez é uma realidade ainda muito distância para maioria das empresas. A primeira grande desvantagem é o alto investimento inicial para utilização dos drones e a mudança na forma operacional da última milha. Assim, os custos e complexibilidade de implementação impacta diretamente nas resistências das empresas.

Um ponto negativo importante do uso de drones é a falta de tecnologias testadas e disponíveis para uso em larga escala, garantindo confiabilidade requerida pela logística emrpesarial. É fato que o uso de drones tende a mudar toda estrutura de entrega das empresas, precisando de investimento em treinamentos e software que permitem o controle e roteirização. Além disso, os drones ainda operam em distâncias curtas, inviabilizando diversos benefícios de serem colocados totalmente em prática. Outro grande maleficio é a necessidade de investimento em segurança para que não ocorra alvo de hackers, roubos de cargas, destruição.

Por fim, há ainda falta de uma legislação de transito aéreo no Brasil. Isto é, há sim empresas já usando drone, mas não há ainda a organização do espaço aéreo para enviar acidentes e organizar o fluxo de drones. Assim, este obstáculo é considerado uma das maiores barreiras já que a regulamentação, não apenas no Brasil ainda está em processo de maturação (PAULA; GENTIL, 2020)

Considerações finais

O uso dos drones na logística estão chegando para revolucionar a logística em especial no seu subsiistema de distribuição com seus custos baixos e agilidade é uma tecnologia do futuro. Há sim muito o que crescer na área, mas a entregas por drone é uma realidade e veio para ficar e avanços são esperados num futuro breve.

A Amazon é um dos grandes exemplos de teste do uso de drones. A empresa americana é dona de um dos grandes impérios de distribuições mundiais. A Amazon está na finalização dos testes do drone denominado Prime Air, um dispositivo que pode realizar trajetos de 24km com encomendas de até 2,2 kg e entregas de em média 30 minutos.

Segundo Klindzio et al, 2019 há aplicação também no mercado de medicamentos, já a utilização dos drones para entregas de medicamentos em São Paulo na cidade de Rifaina; e no mercado de monitoramento e inspeção de usinas hidrelétricas e medidas topográficas. Já segundo Paula e Gentil (2020) a empresa alemã DHL recentemente começou a operar um serviço de entrega de medicamentos até 12km de distâncias por meio de drone automático que é monitorado por uma base que acompanha todo o processo.

Para finalizar, a declaração do vice-presidente da empresa Ifood de entregas de comidas no Brasil, citada por Paula e Gentil (2020): “Nosso objetivo primário é utilizar o drone para trazer mais eficiência para a operação logística. Estamos confiantes na evolução que o uso desse modal combinado a inteligência artificial pode trazer para a empresa. (GANDOLFO, 2020)”.

Se você quiser prosseguir nesta jornada conte com a EXCENT Consultoria. Conheça nossos serviços de consultoria https://www.excentconsultoria.com.br/servicos.

Referências

SDCI, Secretaria de Desenvolvimento e Competitividade Industrial. Estudo Sobre A Indústria Brasileira E Europeia De Veículos Aéreos Não Tripulados http://www.mdic.gov.br/images/publicacao_DRONES-20161130-20012017-web.pdf acesso em 27/04/2020

GOMES, Helton, Drones já substituem trabalhadores dentro de empresas no Brasil

, 2018. https://g1.globo.com/tecnologia/noticia/drones-ja-substituem-trabalhadores-dentro-de-empresas-no-brasil.ghtml

KLIDZIO, ANGELA MARIA et al. USO DE DRONES EM LOGÍSTICA. 2019

PAULA, João Cleber de; GENTIL, Célio. A INSERÇÃO DE DRONES NA LOGÍSTICA URBANA: Nova tendência da indústria 4.0. 2020.

VLAHOVIC, Nikola; KNEZEVIC, Blazenka; BATALIC, Petra. Implementing delivery drones in logistics business process: Case of pharmaceutical industry. Int. J. Soc. Behav. Educ. Econ. Bus. Ind. Eng, v. 10, p. 3981-3986, 2016.
















Posts em Destaque